h1

O MENINO DE ASAS

março 7, 2008

feather_angel_wings.jpg
No dia 29 de maio de 1992, o mundo conheceu Danilo. Um dia esse sonho começou, primeiro no coração de Deus, depois do jovem casal Wellington e Denise que agora queriam plantar uma semente para compartilhar os princípios tão bons que haviam aprendido.
Ele chegou! Como luz que corta a madrugada escura e fria. Como laços de fita embelezando o bouquet de flores da vida.
Mas com o passar dos dias constataram que o bebê havia nascido com algo diferente no pescoço. Todos ficaram assustados e decidiram procurar um especialista.
É grave doutor? Perguntou o pai.
Ainda não sabemos, precisamos fazer alguns exames para ter certeza. Respondeu o médico.
Preocupados, fizeram muitas pesquisas e qual não foi a supresa ao descobrirem que o que ele tinha eram asas. Ele nasceu com asas! Asas que não podiam ser removidas, pois a vida do menininho dependia delas.
– Algumas crianças no mundo nascem assim. Diz o doutor – Ele vai precisar de ajuda para se adaptar a uma vida um pouco diferente. Psicologicamente, as crianças que nascem assim, tem dificuldades para rotinas ou ter que viver como uma criança que não voa.
Os pais aos poucos perceberam as vantagens de ter um filho com asas e o educaram com amor para conviver com esta peculiaridade. Óbviamente que diferente de outros pais, aos invés de verem o filho engatinhar, Welligton e Denise tiveram momentos, digamos, um pouco hilários pelo fato de acompanharem-no em seus primeiros voôs.
Com dois anos de idade, dominando mais esta habilidade, Danilo voou com seus pais para a Europa. Em alguma cidade qualquer da Alemanha, certa noite, o menino com suas asas brancas, achou uma pomada para assaduras, na certa da mesma cor, e decidiu “pintar” seus membros “mais que superiores”. Por falta de coordenação motora, se assim podemos descrever, acabou passando pomada nos móveis, paredes, roupas, tapetes etc. O que não faz uma criança sozinha, em
pleno inverno europeu, dentro de uma residência! O maior problema contudo, é que pelo frio e humidade, algumas coisas demoraram para secar. Os pais, num sentimento de fúria com vontade de rir, tiveram que explicar algumas “leis” novas para Danilo.
Apesar das dificuldades, o menino se desenvolvia com graça, e adorava esportes como nadar ou andar de bicicleta, esta última com vantagens, por bater as asas para ganhar mais velocidade nas subidas.
Na escola, os amigos viam mesmo que não só no exterior ele era diferente, mas sabiam que havia algo mais. Ao olharem Danilo, sentiam uma presença especial em sua vida.
Quando suas asas começaram a se desenvolver mais, ele viajou para outros lugares interessantes com sua família. Estiveram na Suiça, Alemanha, Áustria, Itália, Paraguai e lugares lindos do Brasil, um destes, Rio de Janeiro.
Durante uma destas viajens, bateu a curiosidade em Danilo por saber como suas asas haviam sido criadas. Descobriu assim o creacionismo, estudou mais sobre o assunto e começou ajudar seus amigos a entender melhor sobre isso. Se apaixonou por ciências, se apaixonou mais por Deus.
Agora, cada vez ele voava mais alto e mais longe. Os desafios eram maiores, mas ele não se deixou intimidar. Foi para os Estados Unidos, e conheceu cidade e locais empolgantes. Sobrevoou o Parque Yellowstone, a Disney, Grand Canion, e pousou em 29 estados americanos.
Seus amigos e os que ouviam falar deste menino e sobre suas histórias, entendiam um pouco mais do Criador, da vida. Ele se tornou uma inspiração aos 15 anos de idade.
Agora Danilo quer voar para Guiné Bissau na África, para a Autrália e aonde o vento “Deus” o direcionar. Atualmente ele tem ajudado muitas crianças e jovens que também nasceram com asas mas ainda não sabem usá-las.
Não sei se um dia voltarei a encontrar Danilo, mas espero em meus voôs pelas nações poder pousar em algum lugar e aprender e ser impactada por histórias como a dele.
“A decisão de fazer um excelente uso do par de intrumentos que Deus lhe deu.”
Nádia Carol

Anúncios

One comment

  1. Amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…como assim que texto maravilhoso é esse????
    Amei hein, fala sério….to vendo msm o q uma oficina faz…bua bua bua bua….eu queria ter idooooooo…..



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: